QEdu

A Prova Brasil

A Prova Brasil é um teste aplicado em quase todos os alunos de 5º e 9º anos de escolas públicas brasileiras. Os alunos são avaliados em duas competências: a de leitura e interpretação de textos e a resolução de problemas matemáticos. 

O teste é aplicado desde 2005 a cada 2 anos. Além do teste, os alunos participantes, seus professores de língua portuguesa e matemática, e o diretor da escola, respondem a um questionário onde há perguntas sobre ele, sobre o ensino e sobre a escola. Também há um questionário sobre a escola que é preenchido por uma pessoa externa a escola.

Todos os dados dos testes e dos questionários da Prova Brasil são disponibilizados através de microdados. O QEdu utiliza os microdados microdados de 2007, 2009 e 2011.


Qual o objetivo da Prova Brasil?

Segundo o MEC o objetivo da Prova Brasil é gerar um conjunto de informações que irá subsidiar as decisões que o Governo Federal, Governos Estaduais, Governos Municipais, direção de escola, professores e comunidade escolar, irão tomar em relação a educação dos estudantes.

Por que não são avaliados todos os alunos?

Nem todos os alunos das escolas públicas são avalidos. 

Como o objetivo da prova é avaliar os sistemas de educação ( município, estado, país) não há necessidade de todas as escolas serem avaliadas. Por uma questão de logística e custos, nas diferentes edições da Prova Brasil algumas escolas e seus alunos, não participaram. 

Em 2005 participaram as escolas urbanas que possuíssem pelo menos 30 alunos nas séries avaliadas. Em 2007 e 2009 participaram as escolas urbanas e rurais que possuíssem pelo menos 20 alunos nas séries avaliadas. Em 2011 mantem-se a regra de 2009, porém municípios que possuíssem até 10 alunos nas séries avaliadas, poderão pleitear a realização da Prova Brasil. Mais informações no documento oficial do INEP.

Por que somente as escolas públicas são avaliadas?

As escolas privadas não constituem uma rede de ensino, como ocorre nas rede públicas municipais, estaduais e federal. Assim, não atendem ao objetivo da Prova Brasil. 

As escolas privadas participam do SAEB que utiliza o mesmo teste que a Prova Brasil, porém é aplicado em algumas escolas privadas, compondo uma amostragem cujos resultados são apresentados por estado e para o país.

Por que são avaliadas competências?

A Prova Brasil não é para definir a aprovação ou reprovação do aluno. Ela procura avaliar o aprendizado realizado ao longo da trajetória escolar do aluno. Assim, são avaliadas habilidades relativas a anos anteriores ao que ele está matriculado e também a anos posteriores. O conjunto dessas habilidades são organizadas em competências. 

Na Prova Brasil as habilidades de língua portuguesa estão associadas a competência de leitura e interpretação de textos e as habilidades de matemática estão associadas a competência em resolução de problemas.

Por que a prova começou a ser aplicada em 2005?

Avaliações nacionais em larga escala iniciaram em 1990, porém avaliando escolas que compunham uma amostragem, essa avaliação foi denominada SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica). Ao longo das edições ele sofreu modificações. A partir de 1995 os resultados das edições passaram a ser comparáveis, a partir de 2001 limitou-se a avaliação de língua portuguesa e matemática para as etapas finais do Ensino Fundamental (5º e 9º anos) e ao 3ºano do Ensino Médio, mantendo sua característica amostral, com a participação escolas públicas e privadas, porém com resultados por estado, região e país.

Em 2005 o SAEB foi reestruturado, passando a ser composto por duas avaliações: Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) e Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), conhecida como Prova Brasil. A Aneb manteve as características de avaliação amostral da educação básica nas redes públicas e privadas e a Prova Brasil a característica censitária para as escolas que atendam aos critérios de quantidade mínima de estudantes.

Por que o questionário de contexto é aplicado?

O propósito do questionário de contexto é construir um fotografia das características principais dos alunos, professores, diretores e escola e também possibilitar a investigação de fatores que podem interferir positivamente ou negativamente sobre o aprendizado dos alunos.

Como o aprendizado dos alunos é medido?

Semelhante a um termômetro, que situa a temperatura numa escala (por exemplo,celcius) a Prova Brasil é o instrumento que irá situar o aprendizado do aluno numa escala, denominada escala SAEB. O uso de uma escala é muito importante, pois ela permite a comparação entre escolas e entre as edições da prova, pois todas as escolas e todas as edições da Prova Brasil utilizaram a mesma escala. 

Na Prova Brasil a escala SAEB é utilizada para situar o aprendizado nas competências de leitura e interpretação e na resolução de problemas matemáticos.

Como é medido o “aprendizado adequado”?

De acordo com o número de pontos obtidos na Prova Brasil, os alunos são distribuídos em 4 níveis em uma escala de proficiência: Insuficiente, Básico, Proficiente e Avançado. 

Neste Portal, consideramos que alunos com aprendizado adequado são aqueles que estão nos níveis proficiente e avançado. Esse conceito é o mesmo utilizado pelo movimento Todos Pela Educação para estabelecer suas metas e se baseia em parecer de seu comitê técnico composto por diversos especialistas em educação. 

Para o 5º ano do Ensino Fundamental, os alunos nos níveis proficiente e avançado são aqueles que obtiveram desempenho igual ou superior a 200 pontos em Português e 225 pontos em Matemática. Para o 9º ano do Ensino Fundamental, os alunos nos níveis proficiente e avançado são aqueles que obtiveram desempenho igual ou superior a 275 em Português e 300 pontos em Matemática.


Por que o Portal não utiliza os microdados de 2005?

Os microdados são bases normatizadas. Para a Prova Brasil o Inep é responsável pela normatização. Segundo o Inep, os microdados de 2005 ainda estão sendo normatizados.

Qual a diferença de teste e prova?

Não há uma definição consensual para os termos. Porém, no cotidiano escolar prova está associado a uma avaliação que será utilizada para definir o desempenho do aluno em relação a uma meta (que pode ser uma nota). Teste está associado a uma avaliação cujo objetivo é medir determinado aspecto. Geralmente os resultados dos testes são apresentados numa escala. Neste sentido a Prova Brasil é um teste.

Quantos alunos, escolas e municípios participaram da Prova Brasil 2009?

Em 2009 a Prova Brasil avaliou 4,5 milhões de estudantes, sendo 2,5 milhões de 5º ano e 2 milhões de alunos do 9º ano, distribuídos em 56.9932 escolas, em 5.535 municípios.

Como foram definidas as competências e habilidades avaliadas na Prova Brasil?

Para selecionar quais as competências e habilidades em Língua Portuguesa e Matemática que seriam avaliadas, o Inep baseou-se nos Parâmetros Curriculares Nacionais, nos currículos adotados pelas Secretarias Estaduais de Educação e por algumas redes municipais para as séries e disciplinas avaliadas, além de consultar os livros didáticos mais utilizados por professores das rede de ensino públicas e privadas.
O resultado desse trabalho foi organizado nas Matrizes de Referência, que são a referência para a construção dos itens (questões) da Prova Brasil.

O que são as Matrizes de Referência?

Matrizes de Referência são os documentos que contém o conjunto de habilidades de cada série e disciplina e que podem ser mensuradas através dos itens (questões) da Prova Brasil. 
Cabe ressaltar que as Matrizes de Referência não devem ser confundidas com as propostas curriculares das redes ou das escolas, pois não englobam todo o currículo escolar.

A Matriz de Referência é a mesma para todas as edições da Prova Brasil, possibilitando junto com a escala Saeb a comparação dos resultados em diferentes anos.

O Inep disponibiliza no seu portal as Matrizes de Referência de Língua Portuguesa (link) e de Matemática (link)

Resultado Prova Brasil 2013

O resultado da Prova Brasil 2013 já está disponível (desde segunda-feira, 1 de dezembro) para acesso de quase todas as escolas de ensino fundamental do país.

A nota oficial do Inep pode ser verificada aqui: http://portal.inep.gov.br/web/saeb/resultados-2013

A Prova Brasil é a maior avaliação da educação brasileira e seus resultados nos ajudam a entender qual o nível de aprendizado de cada um dos alunos de 5º e 9º ano, em Português (leitura e interpretação de textos) e matemática (resolução de problemas).

Quer acessar os resultados da sua Escola?

Primeiro, acesse o site oficial do Inep de consulta aos boletins: Acesso aos boletins da Prova Brasil.

Para localizar a escola que deseja existem duas formas, pelo código Inep ou pelo município da escola. Para localizar o boletim pelo código, encontre a escola que deseja no QEdu.org.br, acesse a aba "Censo" e copie o código conforme indica imagem abaixo.

Agora, coloque o código no campo correspondente do site do Inep, clique em pesquisar e após a escola ser encontrada, clique no ícone circular de download, localizado à direita na tela.


Para acessar todas as escolas do seu município, selecione o estado, o município e informe se a escola que você procura é municipal, estadual ou federal. Clique no botão pesquisar.



Ao clicar em pesquisar, será exibida a lista de escolas conforme a sua seleção. Para baixar o boletim, clique no ícone que fica a direita da tabela, conforme imagem abaixo:



Agora, o boletim será automaticamente carregado para você:

Para entender como fazer a leitura do boletim, acesse aqui.


Como ler o Boletim da Prova Brasil

O boletim da Prova Brasil 2013 já pode ser baixado diretamente do site oficial do Inep. Uma boa leitura do boletim pode revelar pedagogicamente qual o aprendizado dos alunos e ainda permitir que a escola faça comparações adequadas a fim de compreender melhor sua situação dentro do município, estado e do país. 

Para auxiliá-lo, o portal QEdu.org.br preparou este especial que o guiará na leitura do boletim.

Visão Geral do Boletim

O boletim é composto de 4 partes:
  • Visão geral do contexto da escola;
  • Percentual de alunos em cada um dos níveis e descrição pedagógica do nível;
  • Comparação dos níveis de aprendizado com escolas semelhantes, município, estado e país;
  • Comparação das médias na Prova Brasil;

Visão Geral do Contexto da Escola


A primeira página do documento apresenta informações gerais sobre a escola e a sua particpação na Prova Brasil. A primeira informação, nível socieconomico, posiciona a escola em um dos 7 grupos criados pelo Inep, em que quanto maior o número do grupo maior o nível socieconomico da escola. Esta informação é essencial para que as as escolas avalie o desempenho de outras do mesmo grupo, o que deixar a comparação mais justa

Ao lado, também é apresentado o índice de formação dos professores, que corresponde ao percentual de docentes com formação superior adequada à sua posição.

Logo abaixo, em amarelo, mostra-se quantos alunos realizaram a prova e quanto eles representam do total de matriculados na série avaliada. Quanto maior a taxa de participação, maior a representatividade dos dados obtidos.

Percentual de alunos em cada um dos níveis de aprendizado

Esta parte é o coração do boletim e irá dizer o percentual de alunos que se enquadra em cada um dos níveis de aprendizado estipulados.

Assim, é possível ter uma dimensão do que os alunos estão aprendendo de fato. Vamos para um exemplo de leitura em português, 5º ano.



Neste exemplo, 18% dos alunos estão no nível dois de aprendizado, o que significa que é alta a probabilidade de conseguirem realizar atividades do nível 1 e 2, porém, provavelmente não conseguiriam acertar itens com habilidades dos níveis 3, 4, 5 e 6.

Comparação dos níveis de aprendizado com escolas semelhantes, município, estado e país

Além de conhecer a informação sobre o aprendizado dos alunos da escola, também é possível comparar este resultado. O Boletim permite quatro comparações:
  • Escolas similares: São as escolas do mesmo grupo socioeconômico e de mesma microregião, conforme vimos na primeira página do boletim. Esta é a principal comparação recomendada pelo Inep;
  • Município: Compara com todas as escolas do município;
  • Estado: Compara com todas as escolas do estado;
  • Brasil: Compara com todas as escolas do país;
Seguindo no nosso exemplo, podemos observar que no nível 2 existe um número maior de alunos na escola analisada do que nas escolas semelhantes.



Nesta etapa, é importante que a escola consiga visualizar onde desejaria que seus alunos estivessem. Para português, 5º ano, o QEdu usa como referência de aprendizado adequado os alunos a partir do nível 4. Assim, é possível identificar a proporção de alunos estão com aprendizado adequado na escola e fazer uma comparação mais coerente, veja na imagem abaixo:

Neste exemplo, conseguimos observar que a escola em análise está muito próxima, em termos de aprendizado adequado das escolas similares. O mesmo tipo de análise pode ser feito para Brasil, estado e município.

Comparação das médias na Prova Brasil

As médias na Prova Brasil também podem ser usadas para comparações. Ressaltamos apenas, que as médias podem esconder desigualdades, fato que não ocorre quando fazemos a leitura de alunos em cada nível de aprendizado.

Conclusão

A Prova Brasil oferece dados riquíssimos sobre o aprendizado, mas para que tenha um uso efetivo é necessário que ocorra uma apropriação pedagógica por parte da escola, compreendendo a necessidade de avançar com os alunos nos níveis, e da parte das equipes de gestão, de realizarem comparações adequadas, usando principalmente, as escolas semelhantes.